A filha do louco - Parte 2

by Rubiana Souza 7. fevereiro 2016 12:30

Montgomery injetava um remédio toda semana nos nativos para que eles não regredissem e voltassem a ser animais. Um deles se rebelou e com isso os outros também o seguiram. O forte, que era o lugar mais seguro, foi invadido e alguns foram mortos. Montgomery beija Juliet e ela fica dividida entre ele e Eduard. Juliet fica intrigada em saber que os nativos tomam a mesma medicação que ela até que seu pai revela a verdade assustadora, ela foi sua primeira criação. (Pausa para o choque ) Na verdade, ela nasceu com uma deformação na coluna vertebral e seu pai substituiu alguns de seus órgãos por de um servo. Eduard também era uma criação do Dr. Moreau, que tentou fugir da ilha ao perceber que seus instintos animais estavam vindo à tona e ele começara a matar os outros da ilha. O plano era Juliet, Eduard e Montgomery fugirem da ilha mas...O que terá acontecido com Juliet, Eduard e o próprio Dr. Montgomery são respostas que a leitura desse livro trará.

Gostei da leitura! História bem agitada, com muitas surpresas. Não considero um livro excelente porque acho que essa questão de criar outro ser, brincando de ser Deus, é meio ridícula, mas não deixou de ser empolgante. O final me surpreendeu.

Conclusão:3 estrelas (bom)

Tags: , , , ,

A filha do louco

Os comentários estão fechados

Objetivo do Blog

Alguns podem pensar que esse é um site pra quem não quer ler os livros aqui descritos. Bem, a decisão de se você irá lê-los ou não é sua, claro. A minha intenção é justamente aguçar a vontade do leitor, fazer ele ficar tão desejoso de saber mais que acabe lendo. Quero também expor minha opinião, críticas e saber o que vocês pensam a respeito do que estão lendo. Que essa seja mais uma ferramenta  para os apaixonados por livros como eu! Boa diversão para nós!

Sobre mim

Facebook

Conecte-se comigo

Aumente seu vocabulário (palavras tiradas dos livros postados)

"Andrajoso = esfarrapado"
Noite sobre as águas

Frases Marcantes

"
As pessoas comuns não sabem o quanto os livros significam para alguem escondido.
"
O diário de Anne Frank

Livros

http://www.google.com/analytics/