A tão sonhada liberdade

by Rubiana Souza 5. outubro 2014 10:20

Atenção: Esses são os últimos capítulos desse livro, portanto, se não quiser saber o fim da história, pare de ler agora. 

Capítulos 11 a 13

Papillon e seus companheiros de fuga chegam a Georgetown, na Guiana Inglesa, logo eles se estabelecem na casa de outros condenados e passam a ganhar a vida comprando e revendendo legumes, ovos, galinhas aos marinheiros americanos. Muita coisa acontece aqui, Papillon junta- se a uma moça hindu, monta um restaurante, depois uma boate, e devido uma confusão que termina em morte ele decide sair de Georgetown. Preparam um barco e partem pelo rio Demerara chegando a Venezuela, são ajudados por pessoas simples de uma aldeia até que guardas descobrem que estão ali e os levam para o presídio de El Dorado. Ali eles presenciam muitos espancamentos e maus tratos mas corajosamente falam com os responsáveis de que não infligiram nenhuma lei em território venezuelano e que por isso nada justificava serem tratados como prisioneiros, com isso, eles passam a vender legumes que eles mesmos cultivam aos oficiais. Oito meses se passam. Um golpe de estado acontece e derruba o Presidente da República, graças a isso, o diretor do presídio é substituído por um antigo diplomata e advogado que lhe chama e diz: "Sim, Papillon, vou pô-lo em liberdade amanhã...aqui está uma carteira de identidade, perfeitamente em ordem e com seu nome verdadeiro." As ordens são de que ele viva por um ano em uma cidadezinha do interior, numa espécie de liberdade provisória, não vigiada, e após esse ano receberá um atestado de boa conduta e estará autorizado a viver livremente nesse país. Há treze anos que ele espera por esse dia...e ele chegou. Hoje 25 anos depois, ele se encontra casado, com uma filha e feliz vivendo em Caracas como cidadão Venezuelano o que se deveu a sucessos e fracassos mas sempre como homem livre e cidadão correto.

Conclusão: 5 estrelas

De todos os livros postados aqui, foi o que eu mais gostei, mais vivi a história. Levei um certo tempo pra ler, afinal foram 724 páginas e justamente por ser um livro tão longo que recomendo a leitura completa dele. Muitos detalhes, curiosidades, não descrevi nos resumos pois o livro é cheio deles e merece ser sentido página à página. Durante a leitura fiquei pensando..será que esse homem era mesmo inocente?? Não sei dizer mas sei que o homem retratado aqui no livro, sendo ele fictício ou real, era sim um homem que inspira fé e coragem. Recomendo muito!!

Tags: , , , , , , ,

Papillon

Pingbacks and trackbacks (1)+

Os comentários estão fechados

Objetivo do Blog

Alguns podem pensar que esse é um site pra quem não quer ler os livros aqui descritos. Bem, a decisão de se você irá lê-los ou não é sua, claro. A minha intenção é justamente aguçar a vontade do leitor, fazer ele ficar tão desejoso de saber mais que acabe lendo. Quero também expor minha opinião, críticas e saber o que vocês pensam a respeito do que estão lendo. Que essa seja mais uma ferramenta  para os apaixonados por livros como eu! Boa diversão para nós!

Sobre mim

Facebook

Conecte-se comigo

Aumente seu vocabulário (palavras tiradas dos livros postados)

"Isbá = habitação de madeira das regiões florestais da Rússia"
O assassinato e outras histórias

Frases Marcantes

"
Que coisa mais traiçoeira é acreditar que uma pessoa é mais do que uma pessoa.
"
Cidades de Papel

Livros

http://www.google.com/analytics/