Vale a pena ler Cidades de Papel?

by Rubiana Souza 26. julho 2015 14:45

Essa frase do livro acho que o define, para mim : "Que coisa mais traiçoeira é acreditar que uma pessoa é mais do que uma pessoa." Quentin construiu uma Margo na sua cabeça que não era a Margo de verdade, mas isso não foi decepcionante para ele foi apenas diferente. Presenciar o corpo de um homem morto na infância marcou muito a vida de Margo e isso ajudou a torná-la quem ela era. O fato de Q. não poder largar tudo pra trás e ficar com ela me mostrou que nem tudo que desejamos da pra ser. Um livro pra meditar.

Conclusão: 4 estrelas (muito bom)

Tags: , , ,

Cidades de Papel

Pingbacks and trackbacks (1)+

Os comentários estão fechados

Objetivo do Blog

Alguns podem pensar que esse é um site pra quem não quer ler os livros aqui descritos. Bem, a decisão de se você irá lê-los ou não é sua, claro. A minha intenção é justamente aguçar a vontade do leitor, fazer ele ficar tão desejoso de saber mais que acabe lendo. Quero também expor minha opinião, críticas e saber o que vocês pensam a respeito do que estão lendo. Que essa seja mais uma ferramenta  para os apaixonados por livros como eu! Boa diversão para nós!

Sobre mim

Facebook

Conecte-se comigo

Aumente seu vocabulário (palavras tiradas dos livros postados)

"Inépcia = falta de aptidão ou habilidade. Tolice."
Como falar com um viúvo

Frases Marcantes

"
O papel tem mais paciência do que as pessoas
"
O diário de Anne Frank

Livros

http://www.google.com/analytics/